Saiba como foi a passagem de Scott Stapp por São Paulo.

scott stapp em sp

O cantor realizou um show solo na Audio, trazendo em seu repertório os clássicos do Creed e seus novos sucessos.

Scott Stapp trouxe sua turnê mundial para o Brasil no mês de novembro, passando por seis cidades. O cantor veio para divulgar seu último álbum “The Space Between the Shadows”. Mas, claro que no repertório também estiveram presentes os grandes clássicos do Creed.

O Diário de Shows esteve na apresentação do dia 17 de novembro, na Audio, em São Paulo. É a segunda vez consecutiva que eu assisto ao show do Scott Stapp. A última vez que ele esteve em São Paulo, foi no Tropical Butantã, em 2016. Você pode assistir ao show no canal do youtube, neste link.

Cheguei na Audio e a banda Remove Silence estava no palco executando sua penúltima música. Pra quem não conhece, a banda é formada por Ale Sousa, Leo Baeta, Danilo Carpigiani da 89fm A Radio Rock e Fabio Ribeiro, ex-Shaman. Já somam mais de 10 anos de carreia no hard rock de São Paulo.

Depois de um breve intervalo, por volta das 21h, um festival de luzes verdes foi iniciado e a bandeira do cantor estava ao fundo do palco. Então, em meio ao alvoroço da platéia, Scott Stapp e banda deram início ao show.

The Space Between the Shadows Tour

A música de introdução foi “Bullet”, do Creed, já trazendo aquele ar de nostalgia aos fãs. Em seguida, Scott já introduziu que a próxima canção era do seu novo álbum “The Space Between the Shadows”, “World That I Used To Know”, que contou com a participação das palmas da platéia.

Caminhando freneticamente de um canto do palco ao outro, Scott Stapp disse “vamos voltar ao começo da carreira” e então gritos histéricos se misturaram aos primeiros acordes de “My Own Prision”. 

Depois de tocar mais uma música do seu novo álbum, “Face of the Sun” e a sequência do Creed, “Overcome” e “Inside Us All”, o guitarrista se posicionou ao centro do palco e realizou um solo encantador. Então, Scott Stapp, com toda a potência da sua voz em meio fumaças iniciou “What If”.

O cantor confessou que quando era criança ele sofria muito. Ele dedicou “Survivor” para todos aqueles, que como ele, carregavam uma grande dor no peito. Quando ele terminou seu discurso, a casa inteira gritava “Olê, olê, Scott, Scott”. Em seguida, ele sentou na beirada do palco e desceu para a platéia enquanto soava apenas o instrumental da banda até o início de “With Arms Wide Open”.

Antes de finalizar a primeira parte do show, Scott Stapp falou sobre o amor, a dor e o propósito da dor. “Nós precisamos do amor de cada um, somo um povo, um amor. Mas também temos dor e dificuldades. Tudo na vida tem um propósito. Essa música é sobre o propósito da dor.” Ele fechou a primeira parte da apresentação com “Purpose of Pain”.

No encore, Scott Stapp, seu baixista e guitarrista retornaram para encantar os fãs com “Don’t Stop Dancing” acústico. “Eu amo ouvir vocês cantando, meus amigos”, afirmou o vocalista. Após este momento mais íntimo, Scott revelou que escreveu a próxima música, “Gone Too Soon”, em homenagem ao cantor Chris Cornell.

A sequência de “One Last Breath” e “My Sacrifice”, finalizou uma noite encantadora!

Obrigada Audio pelo credenciamento aprovado!

Imagens retiradas do facebook da Audio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.