O indie rock da banda The Neighbourhood agitou o Tom Brasil em São Paulo.

A banda se apresentou duas noites em São Paulo e uma no Rio de Janeiro.

Após um ano da sua primeira apresentação no Brasil, The Neighbourhood atendeu aos pedidos dos fãs e retornou ao país, com shows marcados em São Paulo e Rio de Janeiro. Devido ao alvoroço da notícia, os ingressos para a capital paulista se esgotaram em questões de minutos. Mas para a alegria do público, dia 13 de Junho teve show extra e o Diário de Shows estava lá.

Graças ao trânsito caótico de São Paulo, e o fato de eu ter que atravessar a cidade para chegar no Tom Brasil, perdi o show de abertura da banda HEALTH. Cheguei próximo ao horário marcado do show principal, comprei meu ingresso (sem taxa) na bilheteria, garanti mais um copo da Budweiser como suvenir e me posicionei na pista.

Quando o relógio marcou 21h30, as luzes se apagaram e a gritaria começou.

O instrumental de “How” deu início ao show. O público foi à loucura, mesmo com a banda se apresentando timidamente. O frontman Jesse Rutherford estava comportado, vestia roupa social (no qual o público gritava pedindo para ele tirar), porém ele interagia com os fãs enquanto andava na continuação do palco no meio da pista premium. Ao final da primeira música notei que eu não ia enxergar muita coisa ali no meio e por sorte, fui caminhando para o canto do palco e encontrei um lugarzinho bem próximo do guitarrista. 

Na quinta-feira a casa estava praticamente lotada, apesar de não ter esgotados os ingressos, a procura pelo show foi grande e o barulho durante a apresentação era ensurdecedora. No canto em que me aconcheguei, não tive visão do restante da banda, apenas do guitarrista quando vinha para frente do palco e do Rutherford, que em algumas ocasiões se pendurava numa corda localizada no centro do palco gerando histeria do fãs durante a mixagem de luzes.

Confesso que esse show eu mais observei do que me acabei, como de costume. Eu adoro o som do The Neighbourhood e quando lançaram as datas do show eu fiquei bem animada. Porém, essa turnê é com foco no último álbum lançado e as minhas músicas favoritas são do primeiro trabalho, intitulado “I Love You”.

Mesmo o setlist não sendo o meu preferido, foi uma apresentação carinhosa, o show valeu muito a pena! Eles tocaram 20 músicas e não teve Encore. Depois de “Stuck With Me” as luzes se ascenderam e o público deixou o Tom Brasil. Veja o setlist completo:

  1. How
  2. R.I.P 2 My Youth
  3. Dust
  4. Afraid
  5. You Get Me So High
  6. Cry Baby
  7. Prey
  8. Beat Take 1
  9. Paradise
  10. Wiped Out!
  11. Daddy Issues
  12. Void
  13. Blue
  14. Livin’in a Dream
  15. Sadderdaze
  16. Scary Love
  17. Wires
  18. Warm
  19. Sweater Weather
  20. Stuck With Me

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.